Arquivo mensal: janeiro 2012

ITIL #1: Apresentando

Vou começar uma série de posts sobre ITIL. Cada título terá uma numeração que equivale à contagem de quantos artigos já foram publicados sobre este assunto! Se você clicar na Categoria ITIL ali ao lado, poderá ver todos os posts relacionados.

ITIL é uma sigla para Information Technology Infrastructure Library e, como o nome mesmo diz, uma Biblioteca contendo boas e melhores práticas para o Gerenciamento de Serviços de TI.

Para você entender melhor, vou lhe fazer algumas perguntas: Você usa o computador para quê? Acessar à Internet, usar Redes Sociais, digitar textos, fazer cálculos etc.? Ao utilizar esses recursos, você se preocupa mais em utilizar determinada ferramenta ou na tarefa em si? Se você quer escrever um pequeno texto, prefere usar um programa para Anotações Rápidas ou um Editor de Texto complexo? Se a resposta for: tenho mais foco na atividade do que na ferramenta (que é só um meio), então você é um usuário de Serviços de TI!

As empresas também funcionam de forma parecida. Elas não querem usar esse ou aquele programa que gerencie e-mails, ela quer usar um Serviço de E-mail confiável, que cumpra determinados requisitos acordados entre ela e o provedor deste serviço. Tanto faz se é uma solução da empresa X, Y ou Z, mas tem que funcionar bem e ter suporte!

Gerenciar Serviços de TI é focar no que as empresas precisam para realizar suas atividades de produção sem deixar que elas se preocupem com a parte técnica e ter toda a atenção voltada ao objetivo do seu negócio.

A ITIL sugere a adoção de determinadas práticas que já foram estudadas, testadas e difundidas ao redor do mundo. São consideradas boas práticas para Entregar e dar Suporte a esses serviços de TI.

Contém 5 livros principais que detalham um pouco mais quais são essas práticas baseadas na ideia do Ciclo de Vida de Serviço. São eles:

Service Strategy (Estratégia de Serviço)

Service Design (Desenho de Serviço)

Service Transition (Transição de Serviço)

Service Operation (Operação de Serviço)

Continual Service Improvement (Melhoria Contínua de Serviço)

Nas outras séries irei detalhar mais cada tema.

Para mais informações, sugiro a leitura de ITIL: The Basics White Paper.

E você já tinha pensado em TI por esse ponto de vista?

Meu plano de Certificações para 2012

Bem, como falei no Post anterior, nesse ano vou estudar para fazer várias provas e me Certificar em várias ferramentas de TI.

Estou focando minha carreira mais para a parte de “Administração” da Informática. Ou seja, conceitos de Governança de TI, Gerenciamento de Projetos, Melhoria de Processos etc. são assuntos que caíram no meu interesse.

Logo, fiz meu plano para estudos e já estou juntando o dinheiro para pagar as provas (que são pagas em dólar)!

1. ITIL Foundation – trata do Gerenciamento de Serviços de TI. Já estou com a prova agendada para o dia 06 de fevereiro e estudando muito! Passei com 100% de acerto!!!

2. ISO/IEC 20000 Foundation – também é sobre Gerenciamento de Serviços de TI, mas de acordo com a norma da ISO utilizada para certificar empresas.

3. COBIT Foundation – é um Framework de Governança de TI. Passei nesse também!

4. CAPM – Certificação “entry-level” para Gerenciamento de Projetos de acordo com o PMBOK.

5. CompTIA Project+ – também sobre Gerenciamento de Projetos.

Depois publicarei uma série de posts falando sobre todas as certificações. Por ora, você pode conseguir mais informações clicando nos links.

Então, qual a sua lista de certificações esse ano?

Certificações em TI

Uma das coisas que mais gosto na área de TI (Tecnologia da Informação) é a capacidade de qualquer pessoa virar um respeitado profissional, especialista em uma das centenas de sub-áreas existentes nesse ramo!

No Brasil, não temos um Conselho que regulamente a profissão (e dou graças a Deus por isso) que obrigue o camarada a ter essa ou aquela formação! Uma área tão dinâmica não consegue se encaixar em padrões que apresentam toda essa inflexibilidade. Citando como exemplo um curso superior em TI com duração de 4 anos. Pode ter certeza que quando essa pessoa se formar, o que lhe foi passado pela universidade já estará muito desatualizado. Resultado: Perdeu tempo e dinheiro! Agora vai ter que correr atrás e fazer um curso extra pra se especializar numa ferramenta ou processo.

O modelo de classificar o conhecimento de uma pessoa porque ela cursou essa ou aquela faculdade, mestrado etc., para a área de TI, está se auto-destruindo. Particularmente, não conheço uma pessoa que começou a mexer trabalhar com Informática somente depois de ter feito um Curso Superior. Nessa área, o esforço e realização pessoal são os elementos motivadores para que você cresça dentro dela. Existem muitos auto-didatas neste ramo e isso é o que forma o novo sangue que irá suportar seus sistemas.

Mas, aí os empregadores se perguntam: Então como vou saber se alguém que contratei entende mesmo do assunto?

E segue uma resposta bastante válida: procure um profissional certificado! Como assim? Eu explico…

Vamos supor que você precisa de alguém para gerenciar a sua rede que é toda estruturada em equipamentos da Cisco. Por que não perguntar à Cisco se ela tem alguém para indicar? Ou seja, procure alguém que tenha um Certificado da Cisco dizendo: esse profissional sabe trabalhar com nossas redes! Então estamos falando de alguém com um título CCNA. Ou preciso de alguém para administrar meu servidor Linux ou Windows. Que tal o Linux Professional Institute ou a Microsoft dizer que já certificou alguns profissionais para fazerem isso?

Quer alguém melhor do que a criadora da Ferramenta dizer que o cara sabe trabalhar com ela? Isso é o que nos dá a garantia!

Num outro post, mostrarei que certificações pretendo fazer neste ano e explicarei um pouco mais sobre elas.

E você, já decidiu quais são as suas? Ou já sabe que certificações o profissional da sua empresa terá que ter?

Projetos em 2012

Aquela clássica promessa de metas e coisas para fazermos no Ano Novo não poderia deixar de passar batida por aqui. Mas, resolvi não fazer muitas promessas para esse ano, assim consigo focar em alguns pontos e ir finalizando um a um.

Devido a isso, mudei muitas coisas na minha vida! Isso vai ser refletido aqui numa lista que fiz chamada “101 em 1001″. Ela vai ser atualizada com novas metas e as antigas serão revistas! Vou começar uma nova lista. Mesmo que eu não complete a lista toda, me ajudará a lembrar de coisas que pretendo fazer.

Vou tentar atualizar o blog pelo menos uma vez por semana com as novidades que estou acompanhando.

E vocês, tiveram listinha esse ano?

%d blogueiros gostam disto: